Diálogos entre Imprensa, Cultura e Urbanidade (1880-1930)

Código M02

Responsável pelo Minicurso:
Edilson Nunes dos Santos Junior (Doutorando – UFF)
Vitor Leandro de Souza (Doutorando – PUC-RJ)

Objetivos do Minicurso:
A proposta do minicurso é discutir textos de pesquisas que tenham como foco de investigação as diferentes dimensões sociais e culturais que atuam sobre o espaço urbano. A imprensa e os impressos tiveram um importante papel na sociabilidade carioca desde o oitocentos, quando passou a ser um lugar aonde os acontecimentos ganhavam um significado político. Teremos como horizonte as intensas transformações urbanísticas, políticas e sociais ocorridas no Rio de Janeiro da virada do século XIX para o século XX e as possibilidades de diálogo e de investigação a partir da imprensa.

Planejamento das aulas no Minicurso:

1º seção: Introdução: Urbanidade, Imprensa e Cultura Apresentação dos eixos da proposta e as possibilidades de pesquisa, conceitos e metodologias, possíveis para o tripé Urbanidade-Cultura-Imprensa.

2º seção: Cultura e Imprensa O lugar das manifestações culturais e da cultura urbana na imprensa da cidade do Rio de Janeiro.

3º Seção: Imprensa e Urbanidade A imprensa e as dinâmicas urbanas. O uso dos periódicos para os estudos sobre cidade e cultura urbana.

Metodologia:
Dividiremos o curso em três eixos temáticos:

  • Urbanidade e Cultura – as transformações urbanas na contemporaneidade e suas implicações no plano da cultura.
  • Imprensa e Urbanidade – a urbanização carioca na Primeira República e o diálogo com a imprensa.
  • Cultura e Imprensa – a imprensa

As diferentes dimensões culturais presentes na imprensa, as implicações dos processos de ocupação do espaço urbano e o próprio desenvolvimento da imprensa serão compreendidos enquanto dimensões da participação política dos cidadãos do Rio de Janeiro. Dessa maneira, traremos possibilidades de pesquisa a partir dos jornais cariocas e como esse processo pode ser analisado em diferentes pesquisas.

Bibliografia:

  • ABREU, Maurício de Almeida. Evolução Urbana do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Ed. IPP, 2008.
  • BRESCIANI, Maria Stella. Cidade e história. In: OLIVEIRA, Lúcia Lippi (org.). Cidade: história e desafios. Rio de janeiro: FGV, 2002. p.16-35.
  • _______. A cidade: objeto de estudo e experiência vivenciada. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, v. 6, n. 2, p. 9, nov. 2004. Disponível em: . Acesso em: 27/06/2017.
  • CARPINTÉRO, Marisa V. T.; CERASOLI, J. F. A cidade como história. História: Questões & Debates, Curitiba, Editora UFPR, n. 50, p. 61-101, jan./jun. 2009.
  • ENGELS, Friedrich. A situação da classe trabalhadora na Inglaterra. São Paulo: Global Editora, 1986.
  • FERREIRA, Tânia Maria Tavares Bessone da Cruz; RIBEIRO, G. S. (Org.); GONCALVES, M. S. (Org.). Cultura Escrita e circulação de impressos no Oitocentos. 1. ed. São Paulo: Alameda, 2016.
  • MORAES, José Geraldo V. de. Cidade e Cultura urbana na primeira república. São Paulo: Atual, 1998.
  • RIBEIRO, G. S. Nação e cidadania nos jornais cariocas da época da Independência: o Correio do Rio de Janeiro como estudo de caso. In: CARVALHO, José Murilo; NEVES, Lúcia Bastos Pereira das. (Org.). Repensando o Brasil do Oitocentos. Cidadania, política e liberdade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1ª ed., v. 1, 2009.
  • SILVA, Eduardo. As queixas do povo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

Clique aqui e faça a sua inscrição